24.7.11

Realidades com que me deparei quando comecei os preparativos do meu casamento


- praticamente não havia sapatos de noiva peep toes ou redondos

- os vestidos eram 'todos' caicai

- 'toda' a gente fazia a festa de casamento numa quinta e eu não percebia porquê

- via organzas por todo o lado

- quase não havia combinações de cores simples

- por todo o lado via grandes laçarotes a decorar as cadeiras

- parecia obrigatório escolher um tema, e não parava de ver bolos em formato de estrela do mar com areia, e redes na decoração

- não me identificava nada com os placards que encontrava

- as alianças eram 'todas' com mistura de tipos de ouro e com brilhantes

- os bouquets com peónias eram muito raros

- 'toda' a gente cortava o bolo no exterior e com um cenário de fogo de artifício

- a expressão "trash the dress" era praticamente desconhecida

- o estilo vintage ainda não estava na moda, quer para a roupa e os acessórios, quer para as fotografias


É interessante agora pensar em tudo isto e na mudança que houve a todos os níveis. Não vejo mal em haver tudo isto que referi, mas é muito importante que haja alternativas, de modo a podermos adaptar as escolhas àquilo que pretendemos do nosso casamento.

Felizmente, agora a variedade de opções é muito maior, e há também fontes de inspiração para todos os gostos.

26 comentários:

Manuela disse...

Querida HVCA, eu casei há pouco tempo (sim, leste bem) e não fiz nada, desta lista. Foi uma festinha adorável, que deixou toda a gente admirada pela simplicidade e carinho, com que decorreu. Ainda hoje, recebo elogios :)

hoje vou casar assim disse...

Que bom, Manuela :)
E é mais uma prova de que os casamentos não são nem têm que ser todos iguais!

beijinho

Panda disse...

Eu casei há duas semanas, também tive dificuldade em arranjar os sapatos, casei numa quinta e houve corte do bolo lá fora com fogo de artificio, se era o que eu queria? provavelmente não mas também não me importei que assim fosse, é o que as pessoas estão à espera. Aliás eu se for a ser sincera tinha casado no civil, obrigadinha e até amanhã. Fiz o festanço todo porque isso deixava as pessoas de quem gosto felizes. Depois de passar o dia a minha mãe, etc, perguntavam-me: E agora? continuas a dizer que dispensavas a festa? Continuo. Não somos todos iguais.

Bomboca do Amor disse...

Tenho cá para mim que casaste no mesmo ano que eu!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Mary disse...

Giro o post. Poderias dizer as opções que escolheste :)

hoje vou casar assim disse...

Obrigada pelos comentários :)

Bomboca: 2009?

Mary, eu consegui encontrar uns sapatos ao meu gosto numa loja de rua, descobri uma marca que permitia fazer alterações aos vestidos e o meu foi 'one shoulder', fiz a festa numa quinta porque não tive alternativa, escolhi branco e vermelho para a decoração, sem organza e sem decoração nas cadeiras, e não tive tema, usei fotos a identificar as mesas como se fossem quadros na parede de entrada, as alianças são simples e semelhantes às tradicionais, e cortei o bolo no interior com luz e bolas de sabão.
Não acho que as outras escolhas sejam erradas, nem nada que se pareça; simplesmente achei muito complicado encontrar alternativas.

Quanto ao que imaginava no início de tudo...
Achava que seria capaz de fazer o casamento num jardim público (especial para nós) e não numa quinta, achava que daria para não usar carro entre a igreja e o local da recepção, e que poderíamos ir de eléctrico, achava que dava para fazer tudo no centro da cidade, achava que 1000 euros era demasiado para um vestido, achava que iria pedir os serviços de um fotógrafo amador daqueles que tiram fotos artísticas, achava que podia casar numa capela privada, ...

hehehe

beijinhos

Bomboca do Amor disse...

Então esses problemas já se viviam em 2008 (2007, quando comecei a preparar o casamento)!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

hoje vou casar assim disse...

Sim, nos anos anteriores ainda deveria ser pior...

beijinhos

Lenira Alice disse...

A gente precisa mesmo é passar a ouvir mais a voz do nosso coração, né? Olhar e procurar inspirações em lugares inusitados... isso, sim, nos ajuda a encontrar nosso verdadeiro desejo e sonho!

Pipita de Chocolate disse...

É de facto verdade uma data de aspectos que apontas! Casámos no mesmo ano :) Eu casei de vestido cai cai, porque acho que me favorece, mas sem dúvida que é o que mais se vê, não é surpresa nenhuma! Os sapatos foram peep toe, e custaram uma pequena fortuna, mas apaixonei-me por eles assim que os vi, escolhi-os antes de ter escolhido o vestido! Também casei numa quinta, mas com uma decoração muito minimalista, as cadeiras não eram decoradas, as mesas eram rectagulares com caminhos. Não tive tema (acho um exagero as pessoas restringirem-se a um tema para tudo!) e o meu painel de mesas era bem simples, no mesmo design de todo o estacionário (convites, menus, missais, etc...). Irrita-me solenemente o tema mar/praia, já está muito batido, não é original nem engraçado! O corte do bolo foi no interior, mas com uns cones de fogo de artificio no exterior, essa parede era de vidro :)

O essencial num casamento é que seja à imagem dos noivos e sobretudo que seja elegante, sem cair em exageros e sem querer transformar o casamento num espectáculo de variedades!

Beijocas

hoje vou casar assim disse...

Exactamente :)
E por isso é que é essencial que haja uma grande oferta e um elevado número de possibilidades.

beijinhos às duas

Mary disse...

tb adoro os "one shoulder", são dos que mais me cativam. os laços nas cadeiras tb já me enjoam, assim como certos placards..

isa disse...

spero que quando for a minha vez, haja mais vestidos sem ser cai-cai e opções coloridas :) sem ser o típico vermelho que já se vai vendo!

S. disse...

Um dia se me casar vou ter imensos problemas porque sou uma esquisita...

Beijinhos grandes

A Dona do Pechiché disse...

Bem... eu sou especialista... casei 2 vezes... a 1º vez que casei em 2003, o vestido era estilo princesa constituido por 2 partes ( corpete e saia) foi numa mni quinta e não teve tema... o corte do bolo foi no jardim com fogo de artificio no ceu... a decoração branco e vermelho...
No meu 2º casamento, foi em 2009,o vestido apertava atras no pescoço e a parte de baixo era em tule...casei numa quinta onde fiz a cerimonia civil... a decoração em verde alface e preto... tema foram os sentimentos... corte de bolo na piscina com fogo de artificio preso... o que em todos os casamentos é igual... é o desapertar do corpete e contar as notas em cima da cama... lol... bjs

hoje vou casar assim disse...

Obrigada pelos comentários :)

Quem casa agora tem muito mais opções e depara-se com uma flexibilidade bem maior da parte dos fornecedores.

Becas, achei interessante a tua descrição ;)
[no meu casamento, por acaso, não levámos as prendas para a noite de núpcias]


beijinhos

Aryann disse...

Percebo-te perfeitamente. Com a agravante que o meu casamento foi o último de 3 casamentos da familia no espaço de um ano! Nesses casamentos vi tudo aquilo que não queria. E se já tinha ideia de fazer um casamento pequeno, nessa altura tive certeza (ao todo eramos 53pax)
-Como tu também queria fazer tudo na cidade, também acabei por ir para uma quinta, mas nada de laçarotes nas cadeiras nem cores repetidas, acabei por escolher uma decoração muito clássica e simples, mesas com toalhas cremes, saias verdes e serviço inglês azul que ficou um mimo.
-Acabei por escolher um tema (contos de fada) mas apenas para identificar as mesas, não tive placar. Os padrinhos destribuiram uns cartões com o nome da mesa e da pessoa.
- Os sapatos foram outra confusão, simplesmente não se encontravam sapatos para noivas rasos, e neste caso tinha mesmo de ser porque sou da mesma altura que o noivo e não queria que se notasse muito.
- O bolo era simples, branquinho com uma cascata de morangos. Foi aberto na sala á luz das velas.
- As alianças são de ouro amarelo relativamente grossas mas num modelo clássico.
´O único senão? O vestido era cai-cai, mas era o "tal", mas não ia com essa ideia!
- Em ralação ao bouquet, não levei! Quis ser diferente e não me identifico com "a coisa", levei antes um terço e uma orquidea (flor, não pé).
Com isto tudo para te dizer que casei em 2007 e já na altura era complicado ser diferente.

Aryann disse...

Só agora me apercebi que o comentário ficou gigante, parece que me deixei levar pela descrição.
Vai de modos que desculpa lá qualquer coisinha.
Bjos

hoje vou casar assim disse...

Eu só tenho é que agradecer!
Gostei muito de conhecer as tuas escolhas :)

[ah! e eu não tenho nada contra vestidos caicai. até já coloquei aqui no blog vestidos que eu não me importaria de escolher para mim. simplesmente acho que deve haver outras opções]

beijinhos

Anónimo disse...

Inicialmente também tive algumas experiencias assim, mas que achei amorosas, estamos a lidar com comerciais, dotados de capacidades enormes, e onde os compradores compram por emoção...

Mas adiante, a melhor que ouvi, foi um sr amoroso, volto a reforçar (apaixonado pelo mar) ja que a toda a força era um tema lindoooo (devia ter muitos acessÓrios) me disse: " Olhe menina a parte melhor e quando abrimos as mesas e na mesa saloia, vem um casal vestido de rancho.." Eu: :/... o sr desculpe, mas no meu casamento não vai estar ninguem assim trajado! :) Claro está que não lá voltamos...

Fora este comentário, que tinha mesmo de partilhar ehehe, todos foram e são mto capazes e não faltam opções, algumas mais outras menos originais!

Vou casar em Setembro deste ano,e posso dizer orgulhosamente, que tudo vai estar realmente como queremos :) Até porque a festa é nossa! Efectivamente vou casar numa quinta, e o meu vestido até vai ser cai-cai (nao era há um mes atras lol), sapatos tive sorte encontrei os mais lindos do mundo :)

Mas o importante e estar feliz e isso estou... :)

beijinhos,
JM

hoje vou casar assim disse...

JM, fico muito contente :)

beijinhos

soniarabeca disse...

Eu gostei imenso do meu casamento, mas por mim casava outra vez só para poder usar umas quantas ideias muito giras que fui encontrando... E muitas delas por aqui. ;)

_+*Ælitis in Paris*+_ disse...

Não casei (nem vou casar por agora) mas por tudo o que vejo à minha volta, tens muita razão, até em França!

Liliana disse...

Como sabes vou casar dentro de um mês e pouco. Como já tive a oportunidade de dizer num outro post teu, será um casamento mais ou menos low cost, pelo que não haverá quinta, mas sim um restaurante super acolhedor, familiar e com uma ementa divinal. O n.º de convidados ronda os 65! A decoração será mt clean...branquinho, apenas com as cores dos centros de mesa (flores), a contrastar com as cadeiras de estilo rústico.
O bolo tb será dentro da sala!
Quanto a tema, inicialmente não era p ter e apostei nas cores lilás, prata e branco. Por uma questão de identificação das mesas optei pelo tema Sentimentos...todavia ainda estou com dúvidas..!
Podias-me explicar por mail, como fizeste os teus marcadores? Pareceram-se interessantes! :)
Ah... o vestido..é cai cai...(tu bem o sabes), mas tb nao tinha nenhuma ideia predefinida!
Bjokas

Anónimo disse...

Olá!!

Casei vai fazer cerca de 2 meses e compreendo tudo aquilo que aqui descreves-te!!

Nós sabemos que acima de tudo tem de haver oferta para todos os gostos, mas há coisas que já estão muito "batidas"!!

Sou sincera, sempre sonhei casar numa quinta linda e não em restaurante!!Pois nem conheço nenhum restaurante que seja tchrannnnn para o acontecimento em si!!Numa coisa eu e o marido estavamos de acordo: decoração clean, mesas e cadeiras clean, nada de organzas nas mesas, nada de temas e o diabo a sete para darem mais dor de cabeça, népia de arranjos de flores super,mega altos que a primeira coisa que os convidados fazem é colocar no chão porque quebra o ritmo de conversa, nada de fogo de artificio no corte do bolo (apesar de que houve uma cena parecida mas pronto, não podiamos apagar a pirotecnia no momento do corte), nada de bolos com raspas de chocolate e morangos e amoras pois já está mais que visto (o nosso era torto, parecia que ia cair)!!

Outra coisa que disse sempre que não queria mesmo: vestido cai-cai!!E claro, não houve nada disso!!

A cor predominante no meu casamento foi o roxo e o meu lindo bouquet era de peónias!!E incrível, quase ninguém conhecia a flor, pensavam que eram rosas mais abertas!!

Ah...e o maridão fez uma surpresa ao fazer-me uma serenata...foi lindo!!

Adorei casar mas deu um bocado de trabalho ser-se diferente!!

Maria

Mary disse...

Maria, adoroava ver fotos/relato desse teu casamento :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...