18.1.11

Número de convidados


Quantos convidados é que vocês tiveram ou vão ter no casamento?
Como é que fizeram para decidir?
Estabeleceram um número para a família e amigos do noivo e um número para a família e amigos da noiva?
Decidiram em conjunto?
Deram aos pais a possibilidade de convidar quem quisessem? Estabeleceram um número limite?

Esta é uma questão normalmente complicada na altura dos preparativos.
Por um lado, é difícil para os noivos estabeleceram limites relativamente a quem convidam e aos níveis de proximidade.
Por outro, muitas vezes os pais interferem e, sobretudo quando pagam o casamento, exigem poder convidar amigos, família mais afastada, e até pessoas com que mantenham relações apenas profissionais. Como resultado, para além do elevado número de pessoas, muitas vezes os noivos têm convidados que não conhecem.
Será que é possível evitar que isso aconteça?

Qual é a vossa opinião sobre este assunto?

23 comentários:

Dama_ disse...

Penso numa festa para 300 convidados,
fizemos tres listas, uma para cada familia e amigos particulares e uma outra para convidados em comum!!
Mas estou com problemas para estabelecer o n° de convidados, pelas minhas contas acho dificil resumir os 600 convidados do casamento do meu irmao em apenas 300, pois temos mais ou menos os mesmos convidados, já que sua esposa tb é irma do meu namorado!!

Anónimo disse...

Olá,

Curiosamente estive hoje mesmo a "afinar" a minha lista de convidados, pois amanhã tenciono ir comprar o material para os convites. No nosso casamento devemos ter cerca de 150 convidados, da minha parte devem ser cerca de 80 ou 90. No meu caso são os pais a pagar o casamento e essa questão de convidarmos gente que não conhecemos também acontece, mas tem de haver um equilibrio. É evidente que de preferência gostariamos de colocar outras pessoas na lista, mas temos de ser razoáveis, até porque é tudo uma enorme despesa como sabem. No nosso caso fomos nós a fazer a lista, e só acrescentamos mais algumas pessoas que os pais fizeram questão de convidar. E vocês?

Mami ( Sónia ) disse...

Para nós não foi muito difícil, definimos logo à partida que ia apenas a família mais chegada com quem nos damos e os nossos amigos de sempre. aqueles que estão sempre lá. Não gostamos de fretes e muito menos estávamos dispostos a isso no nosso dia.
Como fomos nós a pagar tudo, os pais não se meterem em nada, nem nas escolhas nem na lista de convidados. Aliás tanto os meus pais como os dele só viram o local da boda no dia do casamento e correu muito bem :)
tivemos cerca de 120 convidados já incluindo as crianças. Não mudava nada nesse dia.

Maria disse...

Na nossa lista de convidados estão +/- 170 pessoas entre família e amigos.
Apesar de sermos nós a pagar tudo, aos pais perguntamos-lhes se gostariam de convidar algumas pessoas. As que nos disseram que gostariam de convidar já as tínhamos incluído na lista de convidados. Alguns familiares - poucos - não vão ser convidados pois não tenho qualquer relacionamento com eles (se os convidasse seria mesmo só para "ficar bem").
Nuca pensei ter tantos convidados pois a família do noivo é muito pequena mas depois de se somar amigos e a minha família a lista aumentou!
Houve pessoas que ponderei convidar mas depois decidi não convidar pois a proximidade não é a suficiente para as convidar para o casamento (relações profissionais).
Já dei comigo a pensar em como é possível dar atenção a todas estas pessoas no dia!

Sara disse...

Convidamos cerca de 80 convidados, mas a 1ª lista era de aproximadamente 60! Mas há sempre aquela discussão do: "Como convido aquele tio que adoro, não posso deixar de convidar o outro que mal conheço e que poderia levar a mal..."
A verdade é que não estipulamos nenhum limite de número, mas nunca quisemos um casamento grande. A ideia nunca foi essa e principalmente que aquelas pessoas fossem as indispensáveis e aquelas com as quais vou partilhar a minha vida e não apenas a festa do casamento.

Pipita de Chocolate disse...

No meu caso foi simples, nós sempre quisemos um casamento pequeno, e eu sempre disse que gostava que o meu casamento tivesse apenas 100 pessoas! Tive 99 :) sem contar connosco! No nosso caso os pais pagaram o casamento, os amigos foram divididos pelas famílias de modo igual. Os meus pais não me impuseram nenhuns convidados, apenas o meu pai quis convidar 2 ou 3 amigos, mas que eu conhecia. A família que foi convidada foi somente aquela com quem nos relacionamos. O mote foi, se namorámos 9 anos e um de nós não conhecia esse parente então é porque não temos relacionamento com essa pessoa. Logo não valia a pena estar a convidá-los. E assim foi e correu muito bem :)

Beijinhos

Anónimo disse...

Foi muito fácil. As familias eram muito grandes, juntando os amigos ficaria uma lista enorme. Solução: pais, irmãos (com respectivos apendices), avós. Total 30 pessoas com noivos incluidos. e já lá vão 23 anos..
Não mudaria nada.
Isa

Bomboca do Amor disse...

As pessoas mais importantes estavam lá todas e rondavam as 500!
E não houve cá primos que ninguém conhece nem amigos dos pais que só nos viram com dois meses de idade!
Beijinhos,
Bomboca do Amor.

Susana disse...

Este é um tema que pode trazer muita discussão! Percebo que se queira convidar só as pessoas mais chegadas, mas se convidamos um tio e não o outro há sempre alguém que fica ofendido. No meu caso a minha família é muito grande (mesmo a mais chegada, que para mim são irmãos, tios e primos mais directos), e sou eu que pago a minha parte. A minha mãe pediu-me para convidar 2 ou 3 casais familiares mais afastados e aceitei fazê-lo porque somos vizinhos e temos mais contacto. A família do noivo é mais pequena e os pais dele pagam os convidados dele. Dividimos os amigos pelas duas listas. Tudo somado são cerca de 250 convidados, sei que são muitos mas não ficava bem com a minha consciência se não os convidasse a todos. Aceitarem ou não o convite já depende deles, e até percebo se algum primo que não tenha tanto contacto connosco decida não vir, mas a minha parte está feita.

MJ disse...

Foi fácil, ou pelo menos não foi tão dificil como me diziam que seria! Ambos queriamos um casamento pequeno, ambos temos familias (directas) pequenas - uma sucessão de filhos únicos é o que dá! - e tivemos a sorte de os nossos pais concordarem com tudo (já que eles quiseram pagar).
Inicialmente tinhamos na ideia 60 pessoas, acabamos por convidar 90 e estiveram presentes 80 - exactamente a capacidade limite do espaço que tinhamos escolhido. Foi perfeito :)

Queen of Hearts disse...

Nós decidimos tudo em conjunto e tentámos equilibrar o número de familiares de cada lado, sendo que a família directa dele é muito maior que a minha. Assim, optou-se por convidar apenas alguns membros mais chegados da família directa dele. Por outro lado, privilegiámos os amigos (mais uma vez, equilibrando sempre os de cada lado e acrescentando os comuns).

O número total andou por volta das 120 pessoas, porque não queríamos um casamento grande. Pretendíamos ficar abaixo das 100, mas com colegas de trabalho e tal, tornou-se impossível.

Os pais também convidaram uns 2 ou 3 casais de cada lado, mas tudo pessoas que, de uma forma ou outra, fizeram sempre parte da nossa vida, por isso não nos "chocou". Como o número de pessoas sugeridas por eles não era elevado, não vimos motivo para impor um numerus clausus. :) Além disso, possivelmente apenas o faria em relação aos meus pais caso achasse que eles estavam a "abusar" (o que sei que jamais fariam), porque foram eles quem pagou a parte do catering...

Eulália disse...

Não tinhamos um limite estipulado, cada um poderia convidar quem quissesse, apenas sabiamos que o número de convidados rondaria os 200/250, a minha familia é pequena mas a do noivo é gigantesca e com os amigos andaria por aí...
Como a minha parte do catering foi prenda dos pais eles convidaram alguns casais amigos, da parte do noivo só foi mesmo a familia e amigos que ele escolheu, já com alguns cortes, mas mesmo assim da minha parte eram pouco mais de metade em relação aos convidados dele :) Se ele só pudesse convidar o mesmo número que eu ia ser bonito loooool
Com algumas desistências pelo meio o número de convidados foi mesmo 202!
Não é fácil preparar uma lista, ficamos em dúvida se devemos convidar este ou aquele familiar mais afastado, colegas de trabalho, se devemos aceitar convidados dos pais, com o orçamento temos de excluir alguns, e depois há quem gostavamos que fosse e se desmarca, mas como tudo, quem é de facto importante nas nossas vidas esteve lá presente!

Beijinhos

Batata frita disse...

Temos 309 convidados entre família e amigos. Conhecemos todas as pessoas e os pais também não foram muito exigentes. Quiseram que convidássemos algumas pessoas mas que se contam pelos dedos de duas mãos.
O bolo maior de convidados são familiares uma vez que quer eu quer o meu noivo temos famílias grandes.
Não tarda temos os convites na mão e, se calhar para a semana que vem, começamos a distribuir =)

Letícia disse...

Penso sempre em convidar
os mais chegados, os que realmente estiveram presentes nas nossas vidas
desde a época de início de namoro. E vamos seguir essa linha de pensamento. Ainda não coloquei no papel quantos, mas quero fazer algo para no máximo 60. Mais amigos do que familiares, os mais chegados mesmo!

Ahh, tem selinho pra você no meu blog!:)

Beijinhos!

hoje vou casar assim disse...

Obrigada por todos os vossos testemunhos :)

Eu tive cerca de 120 convidados, e não foi preciso estabelecer limites para cada uma das famílias. Estipulámos que convidaríamos os familiares em 1o grau e amigos próximos.
Tal como aconteceu com algumas de vocês, foram alguns casais amigos dos pais, mas com quem sempre nos relacionámos.
É certo que havia pessoas com quem um de nós nunca tinha falado (nunca os 2), mas de alguma forma tinham sido importantes no nosso crescimento. E, claro, fizemos questão de as conhecer durante a entrega dos convites.

No dia, felizmente houve tempo suficiente para estar com todos :)

nat. disse...

No nosso, os convidados foram 50.
Familia chegada e os amigos de sempre.
Não convidei um tio pois não tinha grande contacto com ele...
E ambos achamos que seria um dia para partilhar com as pessoas realmente importantes e não para nos preocuparmos com susceptibilidades...

Adorei!

Beijinho

Paulinha disse...

No nosso caso também não foi preciso estabelecer limite de convidados.
Decidimos convidar a família mais próxima e os amigos e tivemos cerca de 120 convidados.
Tanto pais como sogros nao se meteram na lista pois fomos nós que pagamos tudo logo eramos nem que tinha que decidir.

Acho que o problema maior agora, será no baptizado, um dia caso tenhamos um filho.
Pois ele quer convidar a família toda (tios do meu marido) e eu quero apenas convidar os tios em 1º grau do bebé, os tios em 2º grau mais proximos, os avós e os padrinhos do bebé.

Beijinhos

hoje vou casar assim disse...

Pois, Paulinha, eu também não sei como fazer quando tiver um filho para baptizar...
Idealmente, convidaria apenas os avós do bebé, os tios e os padrinhos, mas acho que não pode ser bem assim, já que alguns tios meus e do meu marido são bem próximos...
Não vai ser fácil, não!

beijinhos

Paulinha disse...

Estou a ver que não sou só eu com essa dificuldade...
Convidar os tios do meu marido, os mais próximos, ainda concordo! O problema é que ele quer convidar os restantes tios, para não deixar ninguém zangado por irem uns e outros não e eu ai já não quero muito... É que a minha sogra tem 9 irmãos! Convidá-los a todos, seria um autêntico casamento...
O que vale é que ainda temos muito tempo para pensar no assunto :)

Beijinhos*

Raquel Esteves disse...

Olá!!Gosto muito deste blog =)
Eu vou casar em junho e temos cerca de 200 convidados!ainda nem "afinei" a lista mas vai um pouco para cima de 200..da minha parte há apenas 30 familiares e 30 amigos, sensivelmente...mas a família do meu noivo é graaaaande...Acho muito mas também acho que algumas pessoas não vão poder ir e da nossa parte tem que haver considerção, nós temos mesmo que convidar...e depois há aquelas pessoas que a família quer convidar=( o que me aborrece porque somos nós que vamos pagar...já agora, sendo nós a pagar tudo não acham que os convites devem ter só os nossos nomes na qualidade de anfitriões?!

hoje vou casar assim disse...

Olá Raquel,

Acho que faz sentido colocarem só os vossos nomes, sim.

beijinhos e obrigada pelas palavras simpáticas

Anónimo disse...

Sofia

Nós temos cerca de 85 convidados, já vivemos juntos hà 5 anos por isso o que fizemos foi convidar as pessoas que têm feito parte deste nosso percurso, familia foi só mesmo a direta não temos grande lidação com o resto da familia, acho que pensamos assim se em 5 anos nunca conheceram a nossa casa vamos convidar para quê?

hoje vou casar assim disse...

Acho que essa é uma boa perspectiva, Sofia.

beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...