3.11.10

O que é que mudou com o casamento?

para melhor?

e para pior?

20 comentários:

Paulinha disse...

A nível de mudanças no dia a dia o casamento não veio mudar em nada pois já viviamos juntos e o nosso dia a dia após o casamento manteve-se.
A nível de afectos, e não creio que tenha sido consequência do casamento, o amor ficou mais forte! Mas lá está, não creio que esteja ligado com o casamento pois o amor num casal vai aumentando e dia para dia.
O casamento veio trazer um momento de extrema felicidade para ambos.
Um dia que será recordado sempre como um dos dias mais felizes das nossas vidas!

Mie disse...

Quando casei a primeira vez e ate agora unica nao achei que tivesse mudado muita coisa, ja sabia que ele ressonava, que nao cozinhava e mais umas tantas coisas.

Ao contrario da Paulinha o meu ja nao e recordado como um dos mais felizes da minha vida ou nao me tivesse divorciado ;)

Acho que vou voltar a responder quando casar pela segunda vez... ahaha

Clara disse...

O que mudou para melhor: o facto de adorar este novo estado, leva-me a gostar da vida em comum, do amor vivido, das experiências, da partilha de todas as alegrias e tristezas, contudo...

O que mudou para pior: transformar-me em dona de casa à força (e o Maridão ajuda bastante!!!), porque quando estava em casa dos meus pais as coisas apareciam feitas tal como magia... parece que essa magia não funciona na minha casa!!!

anabenfica disse...

Ora..mudou muiiita coisa, porque só começamos a partilhar o mesmo tecto após o casamento :)

A vida a 2, quando é feita de amor e partilha é fantástica e não há nada melhor que adormecer ao lado de quem se ama depois de um dia de trabalho. Chegar a casa e conversar, desabafar, rir...é muito bom.

Não posso dizer que alguma coisa tenha piorado na nossa relação. Já conhecia grande parte dos defeitos dele (e ele os meus) por isso não houve grandes surpresas!

Bits and Pieces disse...

Mudanças... Muitas...
Nova terra, nova casa... Boa :D
Primeira vez a viver num apartamento... Mau :(
Maridinho ao lado... Bom :D
Limpezas da casa... Menos bom!
Cozinhar o que me apetece... Bom :)
Mistério da casa que nunca mais fica arrumada... Estranho...

Agora a sério, por enquanto a maioria das mudanças são positivas, até ao facto de ter alguem a dormir ao lado me habituei depressa, o que me custa mais é a falta da minha fada do lar, a minha mãe, porque agora parce que não consigo ter nada arrumado mais que 2 dias sem que paraceça desarrumado, e depois não volta para o lugar sem que eu ou o J o voltemos a arrumar... Que estranho ;)

Nokas disse...

Nós já morávamos juntos por isso acho que nada mudou, a não ser o estado civil :)

AVOGI disse...

deixa cá ver... ai meu deus sempre são 33 anos nem sei responder...
kis :)

Queen of Hearts disse...

Nada, a não ser o estado civil. O estilo de vida manteve-se, assim como os sentimentos (custa-me acreditar que se ame mais, ou que se partilhe mais, porque se casa - isto quando já se vivia junto como nós).
Talvez saiamos menos?? Não sei. Acho que essa transição aconteceu quando ele veio viver para cá, por isso também não foi o casamento... É, acho que no meu caso nada mudou!

hoje vou casar assim disse...

No meu caso, quase todas as mudanças foram positivas.
Apenas 1 é negativa (e pode parecer irrelevante para muita gente): ter que passar pela 1a vez o Natal sem os meus pais e sem a minha irmã :(

MJ disse...

HVCA tiraste-me as palavras da boca! Estava aqui a pensar no mesmo... Este ano vai ser o primeiro Natal assim - metade com a minha familia metade com a familia do T e só de pensar já estou com saudades da minha Mãe, Irmão e Avós.
Mas pensemos nas coisas boas!
Já moravamos juntos há ano e meio, mas apenas em Luanda, porque quando iamos de férias aproveitavamos para matar saudades dos Papás e ia cada um para sua casa (pode parecer estranho, eu sei, mas para nós fazia sentido, sabia bem ter os miminhos da familia). Por tanto, com o casamento vieram algumas mudanças: "ganhei" uma casa nova, alteramos a forma como geriamos as nossas finanças e passamos a viver debaixo do mesmo tecto a tempo inteiro :)
O dia do casamento foi de uma felicidade imensa, mas depois do casamento também. Não sei pôr por palavras, mas que está muito melhor assim, está. Foi o acto de casar que alterou as coisas? Não sei... Só sei que é muito bom estar casado e para mim é quanto basta. E que dure para sempre! O meu e os vossos casamentos (se é esse o vosso desejo).

with love fotos disse...

Olá! :)

Nós também já morávamos juntos, por isso não houve grandes diferenças... Talvez sentimos não mais amor, mas mais sentido de família e união...

Os Natais já passávamos a noite de 24 com a minha família e o 25 com a dele. :) Ai, o que eu ADORO o Natal! :P

Eulália disse...

Para melhor o facto de agora partilharmos o mesmo tecto numa vida a dois e termos um lugar a que chamar nosso onde podemos receber a familia e os amigos :)
Ah, e poder cozinhar aquilo que gosto nas minhas descobertas culinárias é mesmo óptimo!

Pior é mesmo o facto de agora as tarefas domésticas mais chatas terem de passar pelas nossas mãos pois como já aqui disseram antes na casa dos nossos pais as coisas apareciam magicamente já feitas looool e claro, os gastos que agora também temos que são bem mais do que os que tinhamos em solteiros deixando-nos pouca margem para saídas, roupas e afins...

Beijinhos

john disse...

Ohhh, não posso responder a este post! Ainda não casei :P

hoje vou casar assim disse...

Mas talvez te possa ser útil, john ;)

Obrigada a todas pelos comentários e pela participação

Maria disse...

Tal como o/a john também eu ainda não posso responder mas dá para confirmar a ideia que já tinha do que altera para bom e menos bom.

A parte do Natal é a que mais me "chateia" e já me vai fazendo pensar...

Beijinhos

Sara disse...

Essa pergunta é fácil.
Para melhor: tudo!!!
Para pior: nada!!!
Adoro a vida de casada, e não só depois de assinar o papel, porque apesar de o ter assinado uns anos depois, a vida de "casados" começou quando fomos viver juntos... :D
Beijocas

Queen of Hearts disse...

Ah, é verdade, o Natal! :( Pois, no ano passado custou-me muito. Passei o dia 24 (e a noite) a controlar o choro, porque foi um choque muito grande para mim. Nós adoptámos o seguinte sistema: passamos a noite de 24 com uns e o dia 25 com outros, e no ano seguinte trocamos a ordem. Este ano calha 24 nos meus pais e 25 nos meus sogros. Mas estou a equacionar a hipótese de sugerir fixar um sistema para todos os anos... Veremos.

with love fotos disse...

@QoH - Nós optámos por fixar as datas, porque na minha família há crianças pequenas e na dele não... e porque eu ligo muito mais ao Natal do que ele! :P

pensativa disse...

Bem, em relação ao que mudou c o casamento não posso comentar. Já lá vão quase 15 anos e os tempos eram outros. Praticamente todas as raparigas saiam de casa dos pais para casar. Poucas viviam junto primeiro. Portanto muitas coisas mudavam com o casamento. Mas como foi novidade para ambos (viver a 2) acabamos por nos moldar um ao outro e arrisco a dizer que são 14 anos de uma dupla de sucesso.
Quanto ao Natal : se as pessoas se dão bem, juntar ambas as famílias na nossa casa é uma opção. É isso que fiz ao longo de todos estes anos (excepto o ultimo). Claro que vão sempre dizer ai e tal a casa não dá. Minhas caras amigas, a força de vontade faz tudo. Hoje tenho uma casa bastante grande, mas durante 8 anos vivi num T2. Se fazia o Natal em casa e eram 22 pessoas? Sim fazia e conseguia fazer. claro que é muitoooooo bom passar o Natal em casa dos outros ó ó se é. No ano passado tive essa experiencia e foi em casa do meu primo que entretanto se casou e ofereceu a casa dele. É uma maravilha chegar sentar, comer, (ajudar tb claro) mas depois voltar para a nossa casa e ter tudo arrumadinho ... No entanto mesmo com a bagunça, prefiro mil vezes em minha casa, e este ano vai voltar ao que sempre foi, contas feitas já são 28 à mesa. E atenção não tenho irmãos... Somos 4 em casa mais os meus pais,tios/as, primos/as que entretanto foram casando e por vezes os meus sogros (qd não vão p o outro filho) Posso dizer-lhes que das minhas amigas eu sou a única que passa o Natal em casa, todas, todas abancam nas maezinhas ou sogras!!! São opções ... Eu não troco o meu Natal por nada, afinal é só uma vez no ano... Eiiii que discurso , não leves a mal . Beijoka

hoje vou casar assim disse...

Obrigada pela participação, pensativa :)

Eu concordo com a tua perspectiva, e por isso até agora o Natal foi sempre com as 2 famílias.
O problema é que as coisas não dependem só de mim e do meu marido.


beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...