18.10.12

Um post que faltava aqui no blog

fotografia: Marianne Taylor

Reparei que, para quem chega ao blog, não é nada fácil perceber exactamente em que consiste e de que forma pode ser útil.

Pensando bem, talvez isto tenha que ver com as razões que levaram à criação do blog e com a forma como foi evoluindo ao longo do tempo.

Desde criança, sou absolutamente fascinada por vestidos, com especial destaque para os vestidos de noiva e de festa. Tudo era desculpa para pesquisar imagens, para ir às lojas - como se de verdadeiros museus se tratassem - e para ocupar cada espaço livre dos livros e dos cadernos com desenhos de vestidos. Fui acompanhando a evolução dos vestidos ao longo dos anos e apreciando a razão de ser de cada detalhe. O computador enchia-se de pastas com imagens inspiradoras, e várias revistas e vários recortes ocupavam as gavetas de casa.

[acabo de ser interrompida pelo assistente de bordo, que informa que hoje se comemora a criação da Disney, e que junta uma piada que ajuda imediatamente a que o dia comece da melhor forma; e não deixa de ser curiosa a coincidência, ou não fosse a Disney tão importante para a história dos vestidos e da moda em geral!]

A preparação para o meu casamento trouxe aquilo que faltava: finalmente tinha uma excelente desculpa para conhecer as marcas e os vestidos com ainda mais detalhe. A parte complicada foi mesmo perceber como seria o meu vestido ideal, mas a verdade é que, mais de 3 anos depois, continuo a dizer que escolheria o mesmo vestido que escolhi.

Para além disso, fui criando uma boa base de dados de fornecedores e fazendo questão de conhecer em pormenor as diversas abordagens e formas de trabalhar. A partir de então nunca mais parei de me informar e de me actualizar, e é com imenso prazer que tenho acompanhado de perto a evolução desta área em Portugal e todas as transformações positivas que têm ocorrido. Em apenas alguns anos Portugal tornou-se, por exemplo, uma referência internacional na área de fotografia de casamento.

Essa minha constante necessidade de actualização a todos os níveis, mesmo depois do dia do meu casamento, fez-me perceber que não se tratava simplesmente de uma necessidade. Era um prazer enorme e, de certa forma, um vício. O problema é que sentia que não estava a dar a devida utilidade a tudo aquilo. Foi então que o blog surgiu, tanto como forma de organizar todas as minhas ideias como de transmitir os conhecimentos e a informação a outras pessoas. Na altura dos preparativos para o meu casamento, não era nada fácil encontrar a informação organizada de uma forma fácil de pesquisar, e então foi para mim uma prioridade criar uma estrutura de base, tentar ser coerente e utilizar formas de marcação dos temas que facilitassem a procura. Aproveitando a liberdade que um blog pessoal permite ter, tentei desde o início transmitir a minha forma de pensar, numa altura em que as regras fixas e a ideia de casamentos quase baseados num mesmo molde povoavam as redes sociais da área.

Sou totalmente apologista da personalização e da preocupação com o simbolismo de todas as escolhas, e esforço-me por mostrar essa perspectiva em cada post que coloco no blog.

Em geral, não gosto de ouvir ou ler frases que incluam expressões como "uma noiva não pode (…)", "uma noiva tem que (…)", "casamento que é casamento (…)", entre muitas outras.

Claro que tenho preferências e que há opções de que não gosto mesmo, mas considero isso bem diferente de ter opiniões radicais e de ser a favor de regras muito rígidas. Tento expor essa minha perspectiva no blog, de modo a ajudar a que conheçam a mim e à minha forma de pensar. Aliás, considero esse aspecto extremamente importante para ajudar a que quem vê o blog perceba até que ponto se identifica tanto com o estilo do que é publicado como comigo mesma.

Há pessoas que podem preferir uma abordagem diferente, o que é perfeitamente normal, mas também há outras que sentem empatia, o que tem feito com que, ao longo destes quase 3 anos e meio, eu contacte diariamente com leitores acerca dos mais variados assuntos. Tudo isso foi crescendo, ao ponto de receber pedidos para organização do casamento, para acompanhamento na escolha do vestido da noiva e do fato do noivo, para recomendação de profissionais da área, para acompanhamento no dia do casamento e também para ajuda em relação a looks de festa. O meu gosto por fotografia levou-me também ao planeamento e ao styling de sessões fotográficas dos mais variados tipos, em colaboração com diferentes fotógrafos, diferentes cabeleireiros e maquilhadores. Com o passar do tempo, comecei a dedicar-me a todas estas áreas a nível profissional, e em breve terei uma secção no blog com cada uma delas bem discriminada. Nada disto passava pelos meus pensamentos quando criei o blog, mas a verdade é que é com um sorriso de orelha a orelha que faço uma retrospectiva de tudo o que aconteceu. Dizem que, se escolhermos um trabalho que nos apaixona, não teremos que trabalhar um único dia… e é mesmo verdade. Sinto um enorme prazer com cada formação que faço, com cada casal que conheço e com cada detalhe a que me dedico.

A experiência tem-me alertado para imensas coisas de que antes não tinha consciência, mas as recompensas têm também sido muitas.

O blog, esse, continuará a seguir a mesma linha, contando sempre com o vosso feedback para que possa melhorar a cada dia.

Muito obrigada por estarem desse lado!

8 comentários:

S* disse...

Gosto tanto de te ler, adorei esta explicação.

Hoje Vou Casar Assim disse...

Muito obrigada, querida :)
Sabe muito bem ler esse comentário!

beijinhos

Bia disse...

Mto sucesso pra vc amiga! bjs bjs

Hoje Vou Casar Assim disse...

Muito obrigada, Bia!
Para você também :)

beijos

Marta Morgado disse...

Incrivel como até a escrever consegues transmitir a paixão que tens por esta área...já o disse anteriormente, mas nunca é demais repetir, a tua paixão é tal, os teus olhos ficam de tal maneira brilhantes que(quando estavas a ver vestidos de noiva comigo) parecia que estavas a preparar o teu casamento.
Desejo-te toda a sorte do mundo :)
Até breve

Hoje Vou Casar Assim disse...

Marta, fico sem palavras com aquilo que dizes!
Foi para mim um enorme prazer acompanhar uma pessoa fantástica como tu, e confesso que conhecer pessoas assim e criar amizades é das maiores recompensas que posso receber.

Muito obrigada e um grande beijinho

Nina disse...

Parabéns! Amo o blog e tenho certeza que continuarei leitora mesmo depois do meu casamento! :)
Te desejo muita sorte e sucesso!
Beijo!
Nina (Débora :))

Hoje Vou Casar Assim disse...

Muito obrigada, Nina!
Espero que nos possamos encontrar muito mais vezes :) E, claro, tenho a certeza que você vai ser uma noiva fantástica!

beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...