29.2.12

O que é que tem/teve mais peso na escolha do vosso vestido de noiva?


- o que sonharam desde crianças?
- o modelo que mais realça as vossas formas?
- o modelo que faz com que pareçam mais altas?
- o modelo que melhor esconde as gordurinhas?
- os gostos do noivo?
- as opiniões da mãe ou da melhor amiga?
- a sugestão das pessoas da loja?
- o vestido de alguma celebridade?
- a simplicidade?
- a cor?
- o tipo de corte? [império/princesa/sereia/...]
- o estilo? [moderno/vintage/clássico/...]
- o modelo mais adequado à estação do ano?
- o tipo de decote?
- algum tecido em específico?
- a marca?
- o criador?
- o preço?
- ... ?

21 comentários:

perolasaosporcos disse...

O preço pesou um pouco embora não fosse decisivo, mas aquilo que na altura queria mesmo era algo que mostrasse o melhor de mim. Que valorizasse a figura mas tambem tivesse em atenção o facto de eu gostar de misturar texturas. Depois de muita procura la encontrei. Já o penteado esse sim escolhi um apanhado total pois acho que alonga imenso os dedcotes cai cai

anabenfica disse...

Se tiver de escolher uma das opções de cima talvez o decote.

Foi uma espécie de amor à primeira vista. Faltava pouco para o casamento e eu não tinha vestido, não gostava de nenhum das lojas (90% eram cai-cai) ou aos poucos que gostava faltava "um bocadinho assim".
Quando o vi numa feira de noivos disse "é este" e assim foi

:)

mrfashionmood disse...

Ainda nao me casei mas sempre me imaginei num vestido longo, justo e que realce as minhas curvas ;) talvez num estilo sereia o que não vai ser fácil porque sou baixa..e sempre pensei em não casar de branco mas agora ando a mudar de ideias... ;)
Gosto dos modelos da Pronovias mas a marca é o que menos me importa, desde que goste do vestido!
bj*

Anónimo disse...

Tinha algumas ideias definidas:
- cai-cai não, todos os casamentos em que fui as noivas iam assim;
- corte em A ou princesa, para disfarçar a anca;
- não queria tecidos acetinados, mas queria rendas;
- não queria branco, pois no meu tom de pele não fica bem;
- queria pormenores nas costas, porque na cerimónia ficamos de costas para os convidados.

Juntando tudo o que queria e não queria surgiu o meu vestido, inspirado em alguns que experimentei, mas único :)


E.

Anónimo disse...

Ah, mas não é de nenhuma cor diferente, apenas pérola.

E.

B. disse...

O estilo, corte, tipo de tecido e decote foram preponderantes na escolha do meu vestido de noiva!
Idealizava um vestido relativamente simples, fluido, leve, mas elegante, distinto, com pormenores que o tornassem especial e unico!
Claro que se nao houvesse limites orçamentais, tinha-me esticado em termos de marca ou criador, nao porque goste mais ou menos de um vestido por ser da marca x ou y, mas sim porque ha criadores que admiro imenso e seria um sonho usar um vestido concebido por um deles especialmente para mim! Mas a "triste realidade" é que esses criadores nao estao ao meu alcance nem ao comum dos mortais :(
Mesmo assim, tive o meu vestido de sonho: simples, mas muito gracioso e com o tipo de pormenores que eu sempre valorizei :)
Tentei também que estivesse adequado à estaçao do ano, tal como as cores e que escolhi para a decoraçao. Casei em pleno Verão; apesar de eu adorar sol e calor, quer a decoraçao quer o vestido teriam de me dar a sensaçao de frescura e leveza.

Beijinho
B.

Cristina disse...

A história do vestido: casei com o vestido da minha mãe :)

Alterei apenas o decote. O original tinha um decote redondo e alterei para decote em V, porque gosto e porque acho que me favorecia.

Eulália disse...

Eu não tinha nenhuma ideia especifíca, até porque gostava de vários modelos, com tecidos, cortes, estilos, decotes, etc, diferentes, se bem que o corte império era predominante nas minhas opções, tanto que o meu vestido acabou por ser assim :)
No fundo só queria um vestido que me permitisse ser eu mesma, que fosse a minha cara, com o qual eu me sentisse linda, que me olhasse ao espelho e me sentisse "a" noiva, com um q.b. de romântico e que me favorecesse... pouca coisa não? lol
Bom, mas tirando isso o factor preço também teve a sua parcela na balança, tinha um limite estipulado e em parte foi um dos factores decisivos pois evitei sequer exprimentar um vestido acima das minhas poses que era para depois não ficar triste hehe
Ah, e também estar dentro da gama dos brancos, vestidos de noiva de cor definitivamente não são para mim :)

Beijinhos

B. disse...

A simplicidade, porque é o modelo que mais realça as minhas formas e, principalmente, porque é com este vestido que me olho espelho e sinto: esta sou eu.

BeijO
B

Lovely Bride disse...

Eu sabia que queria casar de branco e que teria que escolher um vestido que me favorecesse o meu tipo de corpo.
Fui com a ideia que queria vestidos tipo princesa, mas não muito armados. O decote coração favorece qualquer pessoa e eu tenho umas maminhas copa DD, precisava de algo com que me sentisse bem.
Adoro renda e tule... encontrei isto tudo num só vestido :) Se fosse hoje e tivesse mais tempo, talvez optasse por experimentar outros cujo corte nunca pensei que me ficasse bem, mas sinceramente, acho que devia ter experimentado.

De qualquer forma, adoro o meu vestido. Acho-o lindíssimo, intemporal, elegante e romântico. De certa forma é simples.
Estou ansiosa para o usar :)

Beijinhos*

M.M. disse...

Eu tambem sabia exactamente o que nao queria: cai cai (a maioria das noivas casam de cai cai) nem folhos exagerados nem corpetes. De resto estava aberta a novas ideias :)

Acabei por escolher um vestido rendado, com pormenores nas costas e que tem tudo a ver com o meu estilo pessoal :) Portanto, acho que o meu maior criterio foi mesmo ter um vestido que fosse a minha cara!

hoje vou casar assim disse...

Obrigada por terem participado :)
Gostei muito de conhecer os vossos critérios!

Cristina, adoraria ver fotos! Acho a ideia excelente :)

Quanto a mim, penso que a prioridade, em termos de modelo, foi o decote. Na altura, tal como diz a anabenfica, o caicai estava na moda e era mesmo muito difícil encontrar algo diferente. Eu queria um vestido de preferência com renda ou bordados na zona do decote, e acabei por conseguir, fazendo uma conjugação de vestidos diferentes.

De qualquer forma, o que eu queria mesmo era escolher algo de que o noivo gostasse, e todos os detalhes (incluindo o penteado) foram pensados nesse sentido. Inclusive pedi para alterarem o tipo de tule da saia precisamente por causa disso :)

Basicamente queria escolher um vestido que fosse a minha cara e que eu sentisse como uma segunda pele, que fosse original e que ajudasse a que o noivo me achasse especialmente bonita no dia do casamento.

Clara disse...

Eu, como sou a simplicidade em pessoa, escolhi o vestido que a senhora da loja me tinha aconselhado. Os critérios foram escolher um vestido confortável e que caísse bem no meu corpo.
Inicialmente tinha ideia de um vestido de princesa com decote em barco e com manga (casei em Dezembro), mas ao vestir parecia um saco de batatas... até que a Senhora da loja trouxe o tal, o meu vestido ao qual não fiz qualquer alteração, a não ser subir um pouco a baínha. E sim, trouxe o que se experimentava na loja ;)

Anónimo disse...

Eu acima de tudo queria algo que fosse a minha cara e que me fizesse sentir realmente bem, além disso queria um vestido intemporal daqueles que olhamos para as fotos 20 anos depois e não parecem saídos de um baile de máscaras. Mandei fazer um vestido pela meia canela, caicai com saia rodada apesar de ser um formato que se usou muito nos dos anos 50 acho que é daqueles modelos que nunca saem de moda.
Vai ser em Maio que o vou usar :)

*C*inderela disse...

o vestido tinha que ser a minha cara por isso não poderia ser o tipico caicai (embora pudesse tirar as alças), o decote tinha que ser formato coração com brilhantes e folhos. Um vestido de princesa sem ser muito armado e volumoso. Apaixonei-me pelo vestido mal o vi no site e ao vivo era melhor ainda, era o que favorecia-me mais.

Bjokas

hoje vou casar assim disse...

Clara, encontrar um vestido que seja a nossa cara é mesmo um critério importante :)

"Anonymous": Adoro esse género de vestidos! Ainda há dias vi uma noiva experimentar um e estava deslumbrante [eu estava a passar e não resisti a elogiá-la, de tão linda que estava].
Quanto a escolher algo intemporal, concordo a 100%.

Cinderela, que bom que o vestido ao vivo correspondia à ideia que tinhas dele :) E, claro, demonstrou que tinhas uma ideia clara do que pretendias e do que te favorecia.


beijinhos a todas

S** disse...

Antes de ir experimentar sabia apenas que não queria cai-cai (mas experimentei alguns assim, para tirar todas as dúvidas) nem tecidos acetinados pesados nem muitos tules - queria um vestido leve, "esvoaçante", confortável e com renda. O meu vestido foi o 3º que experimentei. Apaixonei-me imediatamente, mal olhei o espelho vi que tinha encontrado o vestido que idealizava desde sempre, desde menina. Tem detalhes que me encantam sem que o vestido se torne confuso - é simples, mas a meu ver diferente, é rendado, leve, romântico, tem umas alças deliciosas... experimentei outros depois, noutras lojas, mas mesmo quando gostava muito de um vestido comparava sempre com aquele. Só "aquele" era incomparável e então comprei. E já faltam só 4 meses para me sentir uma princesa com ele vestido :)

hoje vou casar assim disse...

Gostei muito de ler, S :)

beijinhos

Lucy disse...

Sempre disse que quando me casasse teria que usar um vestido da Micaela Oliveira. Sempre fui fã dela desde os tempos em que não era tão conhecida!
O meu vestido era estilo corpete (com muito brilho), decote em coração (acho que me alonga a figura) e a parte da baixo em tule estilo princesa. O cabelo usei apanhado e só uns brincos muito simples e pulseira para não "chocar" com o vestido.
Resumindo, senti-me uma verdadeira princesa, o noivo adorou e hoje ainda toda a gente me elogia o vestido.

P.S: Ainda não vi nenhum post no blog sobre a Micaela Oliveira... Penso que o tipo de vestidos não são do seu gosto mas certamente muitas meninas gostariam de conhecer melhor o trabalho dela.

hoje vou casar assim disse...

Que bom que te sentiste tão linda no teu dia!

Eu gosto de alguns vestidos Micaela Oliveira, mas ainda não encontrei boas imagens que permitissem vê-los bem.

beijinhos

Flutuações da mente disse...

A simplicidade :-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...