8.2.12

Entrevista... a mim mesma :)

Quero agradecer às pessoas que me enviaram as perguntas para esta entrevista :)
E acabei de reparar que talvez me tenha alongado em demasia nas respostas...

 fotografia: Anna * Shakti * Shakina

Como e quando surgiu esta paixão pelo mundo dos casamentos? Surgiu após teres organizado o teu próprio casamento ou o "bichinho" sempre existiu?

Eu era bem novinha quando comecei a desenhar vestidos de festa a toda a hora e em qualquer lugar. Lembro-me que desenhei o meu vestido da Primeira Comunhão e, depois disso, eram muitas as vezes em que me distraía e começava a desenhar. Na escola secundária, em tom de brincadeira as minhas amigas até pediam para eu desenhar vestidos de noiva para elas ;) Claro que, sempre que me perguntavam que profissão queria ter quando crescesse, eu não dizia que queria ser professora ou médica ou bailarina; dizia, sim, que queria ser estilista. No entanto, com o passar do tempo fui-me interessando também por outras áreas, e enveredei por algo totalmente diferente.
A verdade é que a paixão continuou. Já na faculdade, adorava chegar mais cedo à estação de S. Bento para poder caminhar pela rua 31 de Janeiro e apreciar as montras das lojas de vestidos de noiva que lá havia. Às vezes chegava a entrar e ficar a conversar com as funcionárias, para além de ver os vestidos um a um, claro :) Algumas achavam estranha esta minha paixão e o facto de nem sequer pensar no meu próprio casamento.
Quando, muitos anos depois, eu e o meu marido começámos a pensar em casar, claro que uma das primeiras coisas que fiz foi visitar lojas de vestidos de noiva!! Foi uma sensação tão boa! :) Entretanto fui lendo imenso a respeito de todos os pormenores associados ao casamento, e aí comecei a interessar-me por toda a parte logística.


Como foi para ti a fase dos preparativos para o teu casamento?

Eu adorei poder pensar em cada detalhe em conjunto com o meu marido, adorei informar-me sobre tudo e mais alguma coisa, e adorei partilhar essa fase com a família próxima e com pessoas que entretanto se tornaram grandes amigas.

No entanto, não posso negar que houve bastantes contratempos.
Eu quase nunca tinha a oportunidade de contactar pessoalmente os fornecedores, e na maior parte dos casos demoravam semanas a responder aos meus emails, o que atrasava tudo. Para além disso, vários desses profissionais complicaram-nos a vida, alterando o que já estava combinado ou colocando entraves que não faziam qualquer sentido. Isso fez com que tivéssemos que alterar algumas escolhas importantes à última da hora, o que deu bastantes dores de cabeça. Claro que também lidámos com bons profissionais, como foi o caso dos músicos, do catering, do DJ, das lojas onde comprámos o vestido e o fato, da costureira que fez os vestidos de algumas pessoas próximas, …

Em segundo lugar, senti bastante dificuldade em encontrar sites e até revistas em que a informação estivesse organizada de forma 'prática'. É evidente que isso varia consoante os critérios de cada um, mas para mim foi mesmo difícil e senti necessidade de pesquisar muito mais para poder compilar tudo de forma a conseguir orientar as ideias. Essa foi uma das razões pelas quais resolvi criar o blog. Queria partilhar o que sabia e ao mesmo tempo criar uma espécie de base de dados em que fosse fácil pesquisar por qualquer assunto.

Em terceiro lugar, tenho que referir aquela que penso ter sido a maior dificuldade: evitar qualquer tipo de problemas familiares. A parte mais importante do casamento é a união de duas pessoas e, com ela, a união de duas famílias, muitas vezes com estilos de vida e perspectivas muito diferentes. Não foi fácil gerir sentimentos, formas de envolvimento e tomadas de decisão. Claro que é complicado agradar a todos, mas nós queríamos pelo menos não desagradar a nenhuma das pessoas mais próximas. Aprendi e cresci muito com tudo isso.
No dia do casamento, confesso que, para além da felicidade natural associada ao dia, aquilo que me fez sentir melhor foi a alegria mais do que visível no rosto dessas pessoas. Notei que estavam felizes, e só isso já seria suficiente para tornar o dia perfeito.


Quando é que decidiste criar o blog?

Como devem imaginar, depois do casamento eu continuei a ver vestidos e também não parei de me informar a respeito de tudo o resto. No entanto, comecei a sentir que não havia propriamente uma utilidade nisso que eu fazia.
Foi então que, numa conversa com a Ana [do Hoje Vou Assim Off], em que ela me incentivou a criar um blog, surgiu o nome Hoje Vou Casar Assim. Na altura não fazia ideia se iria conseguir manter um blog com um nome nada generalista, mas fui colocando os posts sem qualquer pressão, e a verdade é que já lá vão 2 anos e muitos meses e o saldo é mais do que positivo, tanto em termos de troca de ideias como de pessoas fantásticas que já conheci.


Como fazes para estares sempre actualizada? És assinante de alguma revista relacionada com o tema?

Sempre que tenho algum tempo livre, percorro imensos sites, muitas vezes não relacionados com casamento, mas que me inspiram de alguma forma. Para além disso, compro revistas e tento informar-me acerca das novidades tanto de Portugal como de vários outros países. Frequento feiras e exposições, e contacto com profissionais de áreas muito diferentes relacionadas com o casamento.
Depois há ainda outras questões importantes: que dificuldades é que os noivos estão a ter actualmente durante os preparativos, ou quais são os assuntos que acham mais relevantes.
Normalmente vou criando pastas com temas diferentes, onde coloco todas as imagens inspiradoras [e que podem de alguma forma ser úteis] e onde vou escrevendo todas as ideias que tenho. Quando já tenho material suficiente para um post, tento fazer uma compilação. Normalmente evito colocar ideias soltas, se bem que nem sempre é possível. Também prefiro colocar imagens de casamentos de noivos que me contactam do que de outros que não conheço. Nesses casos, costumo escolher apenas as imagens que me inspiram, guardando as devidas fontes.


Para além do blog, ao qual dedicas bastante tempo, já alguma vez imaginaste ter uma actividade paralela à tua profissão ligada ao mundo da organização de casamentos?

Quando os meus amigos casam, eu adoro poder ajudar tanto na procura do vestido (algo que me dá mesmo muito prazer) como na preparação de tudo o resto. Felizmente já tive a oportunidade de fazer isso algumas vezes :)
Para além disso, diariamente recebo emails com pedidos de sugestões, referências e opiniões em relação aos preparativos para o casamento. Sabe tão bem!
Também já tive a oportunidade de organizar algumas sessões fotográficas a noivos, e adorei a experiência. Para além de tudo o resto, é muito bom poder partilhar com alguém momentos tão felizes :)
Se surgir a oportunidade de ajudar a planear o casamento de alguém, ou mesmo de participar na fase da escolha do vestido e de todo o look da noiva, aceitarei com todo o gosto.


Se tivesses de eleger o teu TOP 5 de criadores/marcas de vestidos de noiva, quais seriam os escolhidos?

Vou optar por falar de marcas disponíveis em Portugal:
Gosto muito da Pepe Botella, pela delicadeza dos vestidos, pela preocupação com os detalhes e pelo facto de permitir fazer alterações aos vestidos da colecção.
A Rosa Clará tem vestidos lindíssimos e felizmente tem tido colecções com modelos muito variados, adaptando-se a diferentes gostos e diferentes tipos de corpo.
A Aire também tem tido vestidos lindos; simplesmente, para que os preços sejam mais baixos que os da Rosa Clará, os tecidos não podem em geral ter tão boa qualidade.
Evidentemente que não me posso esquecer da Pronovias (sobretudo pelos vestidos da colecção principal, pelos de Manuel Mota e pelos de Elie Saab), que nas últimas colecções tem tido vestidos para 'todos' os gostos. Infelizmente não permite grandes alterações, mas as opções são tantas que há uma grande probabilidade de o vestido agradar na totalidade.
Uma vez que apenas posso referir 5 marcas/criadores, falo de um português: Rafael Freitas. Sempre que vi os vestidos pessoalmente, fiquei impressionada com a qualidade dos tecidos e da confecção. Para além disso, desenha vestidos lindos!


No mundo dos casamentos de famosos, enumera alguns dos que mais te cativaram e indica a razão.

Gostei muito da preocupação com os detalhes que houve no casamento do casal Rooney, para além de ter achado os vestidos lindíssimos! Por falar em vestido, gostei muito da escolha da Chelsea Clinton.
Gostei também das fotos que vi do casamento da Kate Moss, uma vez que conseguiram fazer algo mesmo à imagem deles, e com um excelente resultado a nível estético.
Por fim, tenho que falar do casamento de William e Kate, que me emocionou pelo ar de felicidade dos noivos e pelo amor que claramente sentem um pelo outro.


A nível mundial e nacional, quais são os teus locais de eleição para celebração e/ou comemoração de uma festa de casamento?

Eu sou especialmente fascinada por locais com história, bem preservados e que tenham condições para a realização de uma grande festa. Por isso é que, no nosso país, admiro tanto a iniciativa de criação das Pousadas de Portugal. Fora de Portugal, já fui a casamentos em locais desse género e adorei toda a envolvência, se bem que nem sempre é fácil encontrar empresas de catering de outros países que estejam de acordo com as nossas exigências. De qualquer forma, em termos de local tenho que destacar os Assembly Rooms, em Bath (Reino Unido), que acho absolutamente fantásticos.

Para além deste tipo de espaços, gosto também de locais modernos e acolhedores, como é o caso do Aqueduto ou da Quinta da Morgadinha, só para dar 2 exemplos.
A Ordem dos Médicos, em Lisboa, é também um local que eu escolheria, tanto pelas características do espaço como pelo catering, da responsabilidade do Chef Luís Suspiro.

A verdade é que agora, felizmente, há opções para vários gostos e vários critérios. 

Há características que considero importantes, como cozinha com excelentes condições, existência de um espaço exterior bonito e de alternativas no caso de chover, espaço suficiente para ter todas as pessoas sentadas sem haver a necessidade de uma tenda, e bom catering.


Se casasses agora, a que é darias mais prioridade?

Para além do vestido (quem diria!), daria muita importância à fotografia e ao vídeo (e agora sei perfeitamente quem escolheria), ao catering e à decoração. De qualquer forma, a grande prioridade voltaria a ser a preocupação com os pequenos detalhes e com o simbolismo de todas as escolhas.

18 comentários:

Flutuações da mente disse...

Gostei!
Obrigada :-)

Fashionista disse...

Gostei!

Eulália disse...

Adorei! Muito bom conhecer as origens do blog e um pouquinho mais de ti e das tuas escolhas :)

Beijinhos

Ana Lúcia disse...

Gostei de saber mais sobre ti. E ESTOU COMPLETAMENTE DE ACORDO quanto à tua escolha de marcas preferidas no que diz respeito a vestidos de noiva :)

http://maniac4moda.blogspot.com/

Mary disse...

(ainda não li tudo mas li a última resposta) E quem escolherias para fotografia e vídeo, então? :)

Posso adivinhar a fotografia? Matilde berk? ;)

hoje vou casar assim disse...

Obrigada pelos vossos comentários :)

Mary, felizmente agora há excelentes profissionais a esse nível, e há vários que recomendo. Apesar de eu saber quem escolheria, prefiro não mencionar publicamente, uma vez que essa escolha depende de vários critérios pessoais.


beijinhos a todas

Mary disse...

Quando te contactam repetidamente para ajudares com escolhas do casamento e afins, e se as pessoas "abusam" um pouco na procura de informações tuas (mais do que 2 ou 3 emails), que por norma, seriam pagas (por exemplo, no Brasil,onde há consultoras para si), não esntes que estão mesmo a abusar?

hoje vou casar assim disse...

Não, não sinto de forma alguma. Acontece várias vezes trocarmos muitos emails, e é com todo o gosto que o faço, mas a verdade é que também tenho contactado com pessoas fantásticas. Até já aconteceu ficarmos amigas e decidirmos encontrar-nos pessoalmente.

Claro que já houve um ou outro caso em que não gostei da atitude, mas isso felizmente é bastante raro. Por exemplo, não gosto quando me esforço para ajudar e depois não recebo nenhuma resposta, ou então quando as pessoas falam como se houvesse alguma obrigação da minha parte. Nesses casos (como disse, raros), a minha atitude também passa a ser diferente.

Anónimo disse...

E quem seria o fotografo, pergunto? ;)

Liliana disse...

Gostei que falasses de ti.Achei engraçado, porque eu também dizia (já na escola primária )que queria ser estilista, e sempre adorei vestidos de noiva...Coincidências...Deve ser por isso que continuo a espreitar o teu blog ;)

hoje vou casar assim disse...

Que giro, Liliana :)

beijinhos

veeny disse...

Gostei muito das tuas respostas! E fico contente por haver alguém tão maluco por este mundo como eu :P Assim não me sinto tão sozinha LOL Beijinho

Balaio Fashion disse...

Olá, tudo bem?

Estou vendendo um vestido MARAVILHOSO de noiva da PRONOVIAS!! Gostaria de deixar meu blog para darem uma olhadinha:
http://balaiofashion.blogspot.com/

Obrigada,

Bj

Anónimo disse...

Adorei este post, obrigada.
(E quando chegar a minha altura vou inundá-la de perguntas e dúvidas, isto se decidirmos dar esse passo.)
Marta

Mary disse...

Estou com a Marta :)

hoje vou casar assim disse...

Obrigada pelos vossos comentários :)

Marta e Mary, terei todo o gosto em trocar ideias!

Veeny, como sabes, foste a minha salvação na altura em que eu me achava uma ave rara por ter este fascínio por vestidos de noiva! Foi fantástico encontrar alguém com quem partilhar estes devaneios ;p E, claro, foi também fantástico partilhar os preparativos contigo e receber os teus conselhos e as tuas dicas :)


beijinhos

Patricia disse...

Adorei ler cada paragrafo :) Temos algumas paixões em comum!

Beijinhos
Patrícia

B. disse...

Nao alongaste nada... Sabes que eu gosto de "te ler" :)
Achei tao giro a parte onde dizes que gostavas de chegar mais cedo à estaçao de S. Bento para ires para as lojas de noivas :)
Em relaçao aos preparativos, concordo plenamente contigo: também senti dificuldades em encontrar bases de informaçao detalhada, com os itens mais importantes compilados. Eu sou muito organizada, tenho de ter sempre tudo devidamente catalogado e "etiquetado" e confesso que, por vezes, me senti um pouco desesperada por ver toda a informaçao tao dispersa. Mas la criei os meus dossiers que continuam a ser abertos de forma rotineira :) Nao consigo desligar deste assunto :) Acho que sou mais outra com uma "tara" por casamentos :)

Bendita a hora em que decidiste criar o teu blog :) Infelizmente nao o conheci enquanto noivinha... teria sido de extrema utilidade. Mas nunca é tarde... Mesmo agora, tem sido uma grande fonte de inspiraçao para mim.

Dentro do teu TOP 5 estao algumas marcas que eu também aprecio muitoooo!
Adoro alguns modelos Pepe Bottella. Qundo andava à procura do meu vestido de noiva, encantei-me com alguns modelos: muito fluidos e com pormenores em termos de decotes e costas que os tornam muito distintos.
A Rosa Clara é um icone no mundo dos vestidos de noiva! Nunca tive a oportunidade de vestir nenhum, mas a qualidade dos tecidos é evidente!!
A Pronovias é outro icone: sempre muita variedade, para todos os gostos, e materiais de primeirissima qualidade! Em relaçao aos senhores Mota e Saab, nao tenho palavras para eles! Sao realmente uns senhores! Sortudas as mulheres que podem deliciar-se com as suas criaçoes na pele :)
Quanto ao Rafael Freitas, nao conheço muito do trabalho dele; estou mais por dentro da gama de joias de noiva que ele desenha para o Eugénio Campos. Uma falha minha - se tu o tens no teu top, tenho de lhe dar mais atençao :)

Casamentos de famosos... um tema que eu adoro! Nao estou muito por dentro dos pormenores do casamento dos Rooney, à excepçao dos 3 belos vestidos que a noiva usou (e refiro ainda outro que ela usou no barco, branco, so com uma alça - lindooooooo) e o look da noiva (muito clean e resplandecente)!
A Chelsea Clinton, sim, deslumbrou com o seu vestido e bouquet!
A Kate Moss, apesar de nao ser o estilo que mais aprecio, de facto consegui ser muito "ela", coisa que eu aprecio muito!
E claro, acho que o casamento de William e Kate nao deixou ninguém indiferente! Foi lindooooo! cada pormenor!

Fico contente que, por entre os espaços que admiras para ceimonia e festa de casamento, conste o local onde casei :)

E acho que quem se alongou fui eu... ups

Bejinho grande
B.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...