30.4.11

Detalhes soltos relativos ao casamento de ontem


- a família real optou por dar ao casamento um grande destaque, o que foi uma excelente estratégia, já que se tornou uma lufada de ar fresco para o povo britânico e para a monarquia, e ajudou a trazer de volta um certo "orgulho" quase perdido

- fazer o casamento a uma sexta-feira e fazer do dia feriado foi, apesar de tudo, uma boa ideia; o país parou e, mesmo que muitas pessoas tenham aproveitado o dia de folga de outra forma, foram muitas as que festejaram nas ruas e nas suas próprias casas: havia bandeiras, churrascos, champanhe, música e muita alegria

- estava tudo muito bem organizado tanto para receber e organizar as pessoas como para evitar conflitos

- os pré-fabricados que foram colocados estrategicamente (para auxiliar os fotógrafos, as televisões, a polícia, os guardas da Casa Real, …) estavam bastante discretos e não estragavam a fotografia

- a decoração das ruas, sobretudo com bandeiras, estava elegante e ajudava ao sentimento de festa

- havia animação constante; foi quase como que uma cerimónia de "Render da Guarda" ao longo de um dia inteiro, para delírio dos visitantes

- os polícias estavam divertidos, notava-se que queriam ajudar e eram simpáticos com as pessoas

- apesar das multidões e do mediatismo, conseguiram passar a imagem de um casal de noivos apaixonado e com os pés assentes na terra, e de uma família unida e feliz por estar presente naquele momento tão importante; ao contrário de outros casamentos com pompa semelhante, neste não se sentiu de forma alguma que havia um ambiente pesado

- foi interessante ver todos aqueles autocarros que desfilaram da Abadia para o Palácio; nestes pequenos detalhes, demonstraram preocupação com o nível de ostentação e até mesmo (ainda que simbolicamente) com as questões mundiais

- gosto da serenidade que os "noivos" demonstram e que, fazendo com que eu me lembre da Rainha Isabel II, me leva a achar que se tornarão excelentes Reis

- para quem sonha com contos de fadas (o que não é o meu caso), foi bom ver que eles podem existir, ainda que com adaptações à vida de hoje; tenho visto que muitas pessoas passaram a "acreditar" e a pensar que "se calhar" o casamento até pode ser uma boa ideia ;)

1 comentário:

Pipita de Chocolate disse...

Gostei do apanhado que fizeste :) Adorei o ambiente que se viveu em Londres, transparecia alegria para quem assistia à cerimónia!

Bejinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...