29.7.10

Pergunta



Na escolha dos locais para o vosso casamento (igreja/quinta/salão/...), quais foram ou quais são os critérios mais importantes? O local? As vistas? A distância de um para o outro? O tamanho? ...?

O que é que seria ideal?

De que é que estavam ou estão dispostos a abdicar?

12 comentários:

with love fotos disse...

Olá! :)

Para nós, os factores eliminatórios eram ser um local diferente e perto de Lisboa para não causar grande transtorno aos convidados.
Inicialmente, procurei jardins de museus, edifícios históricos, conventos, castelo de são jorge e mãe d'água. Contudo, fui me apercebendo que todos tinham muitas restrições, tanto a nível de horários quanto logísticos... Fiquei um pouco desanimada e comecei a procurar hotéis e restaurantes, até que encontrei a ordem dos médicos, onde tinham começado a fazer eventos sociais há pouco tempo... e assim terminou a nossa busca :)

Beijinhos...

Vera disse...

por vezes as quintas têm preços pavorosos e nem sempre se usufrui da quinta na sua verdadeira totalidade...ainda procurei algumas mas depois encontrei um restaurante com vista para o mar, e apesar de ser apenas restaurante tinha uma vista muito mais bonita e um preço muito mais bonito! As vezes temos de procurar insistentemente e com carinho e acabamos por encontar aquilo que queremos e que podemos pagar.

Big kiss

hoje vou casar assim disse...

Obrigada pelas participações!
Era exactamente algo assim que eu pretendia, para haver uma troca de ideias interessante.

WLF, eu acho muito interessante comparar as nossas ideias iniciais com o aspecto prático da questão que surge depois.

Vera, e onde é esse restaurante? Pareceu-me uma excelente ideia.


beijinhos

2amigas disse...

Ainda não me casei, e estou longe disso ainda, mas penso que os factores mais importantes são o orçamento, a relação entre o nº de convidados e o tamanho do espaço e o gosto pessoal dos noivos.
beijinho Sophie*

Queen of Hearts disse...

No meu caso, a partir do momento em que decidimos casar na cidade onde vivemos (onde o meu marido viveu toda a vida), foi fácil escolher a igreja. É pequena, mas é a igreja de que sempre mais gostei aqui.
Quanto à quinta, a nossa escolha baseou-se no aspecto global, espaços exteriores (que no dia infelizmente não foram usufruídos na sua plenitude como tínhamos planeado, por causa da chuva constante), exclusividade para o evento, disponibilidade para a data e distância da igreja. Mas o que mais influiu foi o excelente aspecto, que nos fez apaixonar de imediato pelo local. :)

Vera disse...

Restaurante Arte Xávega na Nazaré. :) Um salao enorme, mini parque infantil para as crianças num local muito seguro onde dali não saem,vista fantastica, decoração 5 estrelas, comida divinal!

anabenfica disse...

Igreja: nem sequer houve escolha..porque só podia ser aquela. A minha igreja, a igreja da minha paróqui, onde cresci enquanto cristã. Não fazia qualquer sentido não ser ali...simplesmente não fazia! (para ele era indiferente porque ele diz ser ateu :p )

Quinta: localização (ODEIO fazer km entre a igreja e a quinta, acho uma falta de respeito pelos convidados e é ainda pior quando uma das famílias vem de longe), espaço, decoração, referências e claro, o preço!

Vera disse...

Descobri agora que tem sie.

Já foi depois do meu casamento e decorações novas.

http://www.arte-xavega.com

hoje vou casar assim disse...

Estou a gostar muito das vossas participações :)

Vera, obrigada pela recomendação do local. Acredito que seja útil para alguém :)

Quanto a mim, queria uma determinada igreja no centro da cidade, e queria encontrar um local perto para a continuação da festa. O ideal seria até irmos a pé ou de eléctrico.
Mas a verdade é que, tal como aconteceu com a WLF, todos os locais no centro da cidade tinham várias limitações que não nos agradavam.
Mas o simbolismo do local continuava a ser extremamente importante (para além da beleza e das condições), e então acabámos por escolher um mais longe mas com significado. Abdicámos, infelizmente, da proximidade com a igreja.

Agridoce disse...

Para a Igreja tínhamos duas hipóteses: a da minha freguesia de residência ou a da freguesia para onde íamos residir. E optámos pela segunda. É uma igreja linda, muito pequena, muito "cosy", como queríamos.

Em relação à quinta, casámos na quinta dos meus sogros, que sempre foi o nosso sítio de eleição! Claro que nem toda a gente tem essa opção, mas para nós foi muito especial casar "em casa". E poder lembrar-me desse dia de cada vez que olho para o relvado onde estavam as mesas, é mesmo um privilégio :) Se não houvesse esta opção, a localização seria muito importante, claro, e depois também o local em si. Teria de ser um sítio que nos dissesse algo, onde nos sentíssemos bem.

Cristina disse...

A igreja é na zona onde vivemos os dois (vivemos juntos) e a igreja que pertence ao noivo, já que a minha era em Lisboa.
A quinta foi escolhida por uma questão de orçamento, mais capacidade, mais qualidade, mais perto da igreja. Não era a nossa favorita mas em termos de orçamento e para um casamento que já conta com 200 convidados temos que ter em conta os valores no final.. :p
Caso em colares e a quinta é em Fontanelas.
Também não gosto de nos casamentos fazermos os convidados andarem imenso tempo na estrada até chegar ao copo de água, especialmente quando há pessoas que já vem de longe..(mas são opções dos noivos e respeito isso).
Bjs

Kika disse...

Como somos de terras diferentes, resolvemos encontrar um local a meio caminho, que por acaso é perto de onde nos conhecemos. Escolhemos então uma igreja bonita, com bom estacionamento e acessível, já que vamos ter muitos bebés e crianças, e também algumas pessoas com mobilidade reduzida. Depois vimos algumas alternativas de quintas e restaurantes o mais próximo possível, porque já basta a viagem para o local :) Escolhemos a quinta que mais nos agradou. Basicamente, acho que o local do nosso casamento foi escolhido com base na conveniência :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...