2.5.10

E hoje é Dia da Mãe

Eu acho sempre que não faz sentido escrever coisas sobre a minha mãe, porque ela será sempre muito mais do que tudo aquilo que eu possa dizer.
Mas isso é injusto, até porque posso estar a transmitir precisamente a ideia oposta.
E nunca é demais falar das coisas boas...

A minha mãe sempre fez absolutamente tudo por nós. Nunca diz que não a um pedido e, mesmo que não tenha tempo, arranja-o... sempre! Tem sempre disponibilidade para ir connosco a qualquer lado, para estar presente num momento difícil, para partilhar os momentos de felicidade, para dizer aquilo que precisamos de ouvir, para receber os nossos amigos em casa a qualquer hora, para estudar connosco, para me ajudar a acabar trabalhos urgentes, para ficar ao meu lado até às tantas da manhã nas vésperas dos testes, fazer-me perguntas até eu saber as respostas, e levar-me um chá de tília para me reconfortar.

E sempre fez tudo isto mesmo tendo um emprego normal, que muitas vezes lhe ocupa o dia todo, e para o qual tem uma vocação enorme. Para além disso, depois de termos nascido ainda resolveu estudar mais, sem nunca termos sentido que estava ausente.
E é a mãe mais bonita e mais elegante de todas, com um aspecto tão jovem que é difícil acreditar que tenha filhas já tão crescidas, e que tenha tido uma vida tão complicada...

É a mãe mais inteligente e perspicaz, de tal forma que me consegue surpreender a todo o momento, quer quando lhe explico o meu trabalho e ela entende na perfeição, quer quando tira conclusões acertadas numa qualquer área técnica que desconhece.
É também a mãe mais talentosa e que sabe fazer absolutamente tudo! Quando não sabe, descobre!
É impressionante como, para ela, quase tudo tem solução!
E claro que isso faz com que toda a gente ao pé dela se sinta segura. E com que eu tenha o maior orgulho do mundo.

A minha mãe ensinou-me a ler e a escrever, ensinou-me a querer ser sempre melhor e a lutar com persistência para atingir os objectivos, e ensinou-me a ser humilde e a pensar sempre nos outros.

E tenho ainda tanto, mas tanto, a aprender com ela!!!
Sei que não vou conseguir ser uma mãe como a minha é, até porque temos personalidades muito diferentes (apesar de, fisicamente, estarmos cada vez mais parecidas), mas vai ser sempre o meu exemplo e o meu guia.


E hoje, apesar de não podermos estar juntas fisicamente (pela primeira vez neste dia), ela sabe que está sempre sempre presente.



(e sabe também que eu não sou nada de escrever ou dizer este tipo de coisas!)

4 comentários:

S* disse...

Por não seres de dizer, ainda é mais bonito dizeres. :')

L de Leão disse...

E eu assino por baixo, porque não descreveria melhor :)

hoje vou casar assim disse...

:)

Queen of Hearts disse...

E acho que a tua mãe estará muito emocionada e orgulhosa da(s) filha(s) se tiver lido este texto!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...